Sábado, 5 de Março de 2005

Espasmos

99200.JPG








Não consigo encontrar as palavras. Dou voltas e voltas, e não as encontro. Não consigo descrever o que estou a sentir. Um batido de felicidade, medo, ânsia, descontrolo, e sei lá que mais.
Ainda bem que os momentos de amarras se desvanecem e eu me solto…a tua voz faz-me deitar e sossegar com um sorriso imaginário desenhado nos lábios. Era bem mais fácil ter visto tudo isto como mais uma tanga, apenas mais palavras ao barulho…mas não é assim, não me consigo manter indiferente. Quando te pego no pensamento, já não caminho sozinha…esta sensação agrada-me.
A libertina que existe em mim, envolveu-se toda em ti…neste momento, não me apetece sequer pensar noutros corpos, noutros lugares…apenas onde tu estás…que não sei onde é, mas não faz mal.
É bom viajar assim…a forma serena e plena de tu seres, acalma a minha, agitada e nervosa, fria e com dificuldades em demonstrar o que sinto.
Não posso dizer mais…não posso falar…podem descobrir…este vai ser o nosso segredo eterno.
Quando se pensa que já nada disto é possível, que a frigidez nos tomou para sempre, é uma óptima surpresa. Mas também sei que isto é mais um momento em mim…que vivo de momentos, e não se saberá qual é o próximo. Gosto de viver assim. Tu também tens a tua maneira, e aceito-a.
Só me apetece especular sobre os pontos do futuro em que nos cruzaremos…pela primeira vez, sinto saudades.
Assaltam-me agora imagens que não me apetece controlar…apetecem-me os teus lábios a percorrer a minha pele pálida, a tua língua molhada a desenhar suavemente nas minhas pernas…os teus olhos brilhantes, a lerem os meus, que se fecham de vez em quando, em sincronia com o corpo em pequenas contracções involuntárias. Dar-te as mãos com tanta força quanto as quero dentro de mim…sentir o teu beijo, ansioso, molhado, a anunciar o desejo que precisa de ser consumido, naquele momento…mas em tom quase cruel, faço-te esperar mais um bocadinho. Apetece-me prolongar isto…ver-te vibrar…beijar-te mais, olhar-te mais…ter-te mais dentro de mim, para entrares finalmente, e descobrires o que eu te puser à disposição. Há-de ser tudo.
Depois dançarei no teu corpo. Dançarei como uma louca. Rodopiando à tua volta, de braços abertos. Passarei suavemente os lábios nos teus, tentando dar-te a adivinhar o que se segue.
A disposição mudou completamente. Não. Não me apetece fazer amor contigo. Quero ter-te louco, feroz, como dois animais, como se esta fosse a ultima vez que o faríamos.
Sentir.
Sentir.
Sentir.
Sentir.
Sentir-te!!!!!!
A tua pele…o teu suor…o odor…os teus movimentos sensuais, bruscos, violentos, a tua virilidade, o teu desejo de concretizar mais um acto. E outro. E outro. Insaciável.
A contemplação de tamanha vontade, que nunca acaba e que aparenta ser sempre grande demais para estes corpos finitos. Sorriremos os dois ao ver o outro se aproximar, e uma sensação de abundância predominará.
Ainda bem que a felicidade vai espreitando, e é composta por momentos que, apesar de fugazes, nunca desaparecerão em nós.


publicado por Rute às 18:33
link do post | Your Thoughts | favorito
40 comentários:
De Plantacarnivora a 21 de Março de 2005 às 17:24
Atão??? Espasmos e prantes?!? Umas visitas, ok, mas e mais post´s????? Beijócasssssssssssssssssssss


De Fazer-te_Vir a 19 de Março de 2005 às 00:43
Se tivesse colocado a tua imagem junto a este texto tão inspirado não precisava de mais para ter um bom orgasmo, que é muito diferente de ter só um orgasmo!


De Vampiria a 18 de Março de 2005 às 14:51
P/rosa_p: Que bom teres encontrado de novo:) beijinho grande para a rosa com a cor mais linda*


De Vampiria a 18 de Março de 2005 às 14:50
P/Laura Rouge: Ainda bem que vens, gosto muito que me visites. Faço do teu pedido, meu também: Bloguistas de Portugal e restantes, lavem bem os dentes. É uma questão de saúde pública. lol um beijo grande de dentinhos lavados*


De Vampiria a 18 de Março de 2005 às 14:48
P/Luís: bom concelho :) obrigada.


De flossi a 18 de Março de 2005 às 13:31
já abriu a casa da flossi!
muito esperma para todos


De rosa_p a 18 de Março de 2005 às 09:04
Tinha perdido o teu link, mas olha, é sempre muito bom (re)visitar-te :)


De Laura Rouge a 17 de Março de 2005 às 23:58
Boa noite, cara Vampiria. Com muito gosto me desloco solenemente ao seu canto agradável de tão bem escrito. Vim não apenas agradecer-lhe os seus comentários, mas também pela curiosidade intrínseca ao conteúdo mais recente de um bom blog. Gostei particularmente deste último texto, uma apologia turbilhenta ao sentir. E, já agora, aproveito para pedir a todos os assíduos leitores: por favor, lavem os dentes! Um beijo ;)


De Lus a 17 de Março de 2005 às 22:14
"Não consigo encontrar as palavras."
Faz como eu. Deixa que elas te encontem...
;-)
**
Luís



De Vampiria a 15 de Março de 2005 às 23:36
P/eu33: exactamente. fica bem tb:) * *


Comentar post

.Me, Myself & I


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.Pesquisar neste blog

 

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Thoughts

. Fim da linha

. Fantoches

. Tempo

. Cartas

. Despida

. Espelhos

. Encantamento

. A caminho

. Monstros

. Nós

. Durante a madrugada

. Ao outro dia

. Rever

. Acordar de Novo

. Madeira e Carmim

. Perturbações

. Memórias Recentes

. Sede

. Recordações num pedaço de...

. De novo, cansa

. Sentimentos, confusão e l...

. Frenesim

. Espasmos

. Momentos de Amarras

. Brisa

. Palavras

. Nasci de novo

. Uma vasta e densa forma d...

. Strings

. Uma e Só

. Esgrima

. The taste of "Something i...

. Purpúra

. Corpo

. Sarilhos

. Quando...

. Quando se começa a perder...

. Quando se começa a perder

. Extase

. Aflição

. Estagnação

.Thought Moments

. Maio 2009

. Dezembro 2008

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Novembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

SAPO Blogs

.subscrever feeds